NÃO BASTA SER ESPÍRITA

 

Não basta ser  Espírita

Se você não for espiritualizado

Não basta decorar todas as obras de Kardec e auto exaltar sua inteligência

Se diante do seu semelhante

Qualquer dúvida lhe tira a paciência

Não basta bater no peito e dizer que é alma de bom coração

Se dentro de você só existe intolerância e incompreensão

Não basta dizer que seu raciocínio anda junto com a fé

Se diante do seu irmão

A busca é querer sempre que ele esteja debaixo do seu pé

Não basta ser Espírita

Se dentro de você só tem maus sentimentos

Que nunca existirão em nenhum livro

E em nenhum dos bons ensinamentos

Não basta ter a luz divina em forma de mentor

Se até os desabafos do seu irmão você espalha

Justo os segredos que ele tanto lhe confiou

Não basta muito estudar e delegar ao próximo cada boa ação

Se ao primeiro sinal de ira

O que desperta em você é o sentimento da agressão

E de que vale a boa intenção, se longe dela está a ação?

Não basta ser Espírita

Se você não for espiritualizado

Porque o Espiritismo é mais que religião

É também constante aprendizado

Se o que você aprendeu fez de você um vaidoso

Volte e tente de novo

Com certeza você pensou que não tinha mais o que aprender

Se tornando mais um orgulhoso

Para sustentar os pilares

Da fé, do amor, da Ciência e da caridade

Não basta só dizer que é espírita

Tem que ser BASE forte para sustentar essa verdade:

Que para um dia ser luz

Há se se fazer acender primeiro em você

A luz que se quer ver na humanidade.

Jackelline Furuuti

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *