EQM – EXPERIÊNCIA DE QUASE MORTE

O que é EQM?
A experiência de quase morte ou EQM refere-se a um conjunto de visões e sensações frequentemente associadas à situações de morte iminente.

Read More

QUANDO A DOR VEM DA ALMA

Quando ainda era acadêmica ouvi de um professor algo que nunca esqueci “quando tudo dói a dor não é física”. Read More

DICAS EM MEDIUNIDADE

  • Seja o mais discreto possível.
  • Evite comentários pessoais em torno das faculdades de que seja portador.
  • Direta ou indiretamente, não provoque palavras elogiosas a você.
  • Não queira se antecipar à experiência que apenas o tempo lhe conferirá.
  • Confie na ação dos espíritos por seu intermédio, mas submeta tudo ao crivo da razão.
  • Não permaneça na expectativa de bons resultados sem trabalho perseverante.
  • Mesmo quando bem intencionados, acautele-se contra os bajuladores.
  • Vacine-se contra a vaidade, não admitindo qualquer situação que o coloque em evidência.
  • Não se afaste das atividades que, doutrinariamente, muitos consideram insignificantes.
  • Jamais reivindique privilégios.
  • Preocupe-se em dar exemplo de devotamento e amor à Causa.
  • Eleja na prática da Caridade o seu ponto de sintonia contínua com os Planos Mais Altos.
  • Aprenda a ouvir mais do que falar.
  • Tenha sempre uma palavra de otimismo em seus lábios.
  • Não condicione a sua presença na tarefa, fazendo com que a sua opinião prevaleça sobre as demais.
  • Fuja de exercer domínio sobre quem quer que seja.
  • Não ponha palavras suas na boca dos espíritos.
  • Convença-se de que as Trevas possuem mil maneiras para fazê-lo cair.
  • Toda vigilância de sua parte ainda é pouca.
  • Quem aceita o primeiro suborno, começa a se vender por inteiro.
  • Escolha caminhar entre pontos de referência que, realmente, possam lhe dar segurança na jornada.
  • Não se considere completamente imune à fascinação.
  • Em favor de seu equilíbrio mental, não ignore a sua condição de mero instrumento.
  • Estude, mas não para mostrar que sabe e, sim, para que melhor avalie o tamanho de sua ignorância da Verdade.
  • Com a sua condição de médium, não atropele a sua condição de espírita.
  • O médium que mais recebe é aquele que mais doa.
  • Faça, a sós, as preces que você costuma fazer em público.
  • Dignifique o seu lar e a sua família.
  • Não olvide que ninguém é melhor médium do que pessoa.
  • O alicerce do edifício da mediunidade chama-se caráter.

 

Carlos A. Baccelli, pelo Espírito Spartaco Ghilardi

Livro:  Ao Médium Principiante

 

 

 

 

MELINDRE

 

Melindres

Muitos problemas seriam evitados se as pessoas se dessem ao trabalho de cogitar dos objetivos da existência. Read More

SÓ QUEM VIVE BEM OS AGOSTOS É MERECEDOR DA PRIMAVERA

Só quem vive bem os agostos é merecedor da primavera!
Lembro-me bem. Foi quando julho se foi, que um vento mais gelado, mais destemperado, que arrastava ainda folhas deixadas pelo outono, me disse algumas verdades. Convenceu-me de que o céu começaria a apresentar metamorfoses avermelhadas. Que a poeira levantada por ele daria lições de que as coisas nem sempre ficam no mesmo lugar e que é preciso aceitar que a poeira só assenta depois que os redemoinhos se vão.
Foi quando julho se foi que a minha solidão me convidou para uma conversa. E me contou de tempo de esperas. E me disse que o barulho das árvores tinha algo a dizer sobre aceitação. E eu fiquei pensando como elas, as árvores, aceitam as estações que, se as estremecem, também lhes florescem os galhos. Mas tudo a seu tempo. Foi em agosto que descobri que os cachorros loucos são, na verdade, os uivos que não lançamos ao vento. São nossos estremecimentos particulares que a nossa rigidez de certezas não nos permite encarar.
O mês de agosto tem muito a ensinar.

Porque agosto é mês jardineiro, é dentro dele, berço do inverno, que as sementes dormem. Aguardam seu tempo de brotar. Agosto é guardador da boa-nova, preparador de flores. Agosto é quando Deus deixa a natureza traduzir visivelmente o tempo das mutações.
Mude, diz agosto, em seu recado de sementes. Aceite, diz agosto, com seu jeito frio de vento que levanta poeira e a faz avermelhar o céu. Compartilhe, diz agosto. Agasalhos, sopas quentinhas, cafés com chocolate, abraços mais apertados – eles também aquecem a alma e aninham o corpo. Distribua mais afetos, que inverno é acolhimento, é tempo de preparar setembro. E, de setembro, todos sabemos o que esperar. Esperamos a arrebentação das cores, que com seus mais variados nomes vêm em forma de flores.
Vamos apreciar agosto, recebê-lo com o espanto feliz de quem não desafia ventos. Que ele desarrume e espalhe suas folhas e levante suas poeiras.
Aceite as esperas, mas coloque floreiras na janela.
Só quem vive bem os agostos é merecedor da primavera!

Miryan Lucy de Rezende
Escritora e Educadora Infantil

COMO ESTÁ O MEU ENTE QUERIDO NO PLANO ESPIRITUAL

Ao atravessar o limiar da vida e da morte, a alma perde todos os alicerces externos e passa a ser exatamente aquilo que ela é. Read More

IRMÃO SOL IRMÃ LUA

Clara e Francisco, namorados?

Esta pergunta me fazem milhares de vezes. Perguntas são melhores que respostas. Read More

O QUE UM CACHORRO ME ENSINOU

Sendo um veterinário, fui chamado para examinar um cão de 13 anos de idade, chamado Batuta. Read More

O UMBRAL

A ideia do Umbral sempre provocou fascínio entre os espíritas e não espíritas. Desde que o médium Francisco Cândido Xavier revelou pela primeira vez a existência do Umbral no livro Nosso Lar, em 1944 Read More